Síndrome de Takotsubo

Síndrome de Takotsubo

Síndrome de Takotsubo

A Síndrome do coração partido, também conhecida de Cardiomiopatia de Takotsubo, é um problema raro que provoca sintomas semelhantes aos de infarto, como dor no peito, falta de ar ou cansaço, e que surge em períodos de grande estresse emocional - Trata-se de um problema cardíaco causado por uma emoção negativa muito forte- como durante uma separação ou após o falecimento de um familiar, por exemplo.

Acredita-se que o excesso de adrenalina provocado por esta emoção forte provoque mal funcionamento cardíaco. Os ventrículos do coração não contraem corretamente e simulam um infarto do miocárdio.

Acomete com maior frequência indivíduos do sexo feminino (aproximadamente 95% dos casos), especialmente que se encontram no período pós-menopausa, com idade média entre 60 a 80 anos. Foi definida pela American Heart Association como uma cardiomiopatia adquirida primária e é responsável por 1% a 2% dos casos de síndrome coronariana aguda.

Não existe um tratamento específico para a Miocardiopatia de Takotsubo. Em geral, o tratamento é apenas de suporte, voltado para os sintomas, até que o músculo cardíaco tenha tempo suficiente para se recuperar, o que costuma levar de 1 a 4 semanas. Em geral, os medicamentos usados são os mesmos da insuficiência cardíaca, com destaque para os diuréticos e os inibidores da ECA.

A taxa de mortalidade da síndrome do coração partido é baixa, sendo menor que 5%. A imensa maioria dos pacientes consegue ter uma recuperação total do funcionamento cardíaco após algumas semanas.


Compartilhar: